Dezembro Vermelho – Mês de Prevenção da AIDS

O Dezembro Vermelho tem como finalidade conscientizar as pessoas sobre a questão da prevenção e tratamento da AIDS, além de outras doenças sexualmente transmissíveis (DST).

A AIDS é causada pela infecção do vírus da Imunodeficiência Humana (HIV é a sigla em inglês). Esse vírus ataca o sistema imunológico, responsável por defender o organismo de doenças.

Ter o HIV não é a mesma coisa que ter AIDS. Há muitos soropositivos que vivem anos sem apresentar sintomas e sem desenvolver a doença. Mas podem transmitir o vírus a outras pessoas pelas relações sexuais desprotegidas, pelo compartilhamento de seringas contaminadas ou de mãe para filho durante a gravidez e a amamentação, quando não tomam as devidas medidas de prevenção. Por isso, é sempre importante fazer o teste e se proteger em todas as situações.

Transmissíveis:

Sexo vaginal sem camisinha;
* Sexo anal sem camisinha;
* Sexo oral sem camisinha;
* Uso de seringa por mais de uma pessoa;
* Transfusão de sangue contaminado;
* Da mãe infectada para seu filho durante a gravidez, no parto e na amamentação;
* Instrumentos que furam ou cortam não esterilizados.

Não transmissíveis:

* Sexo desde que se use corretamente a camisinha;
* Masturbação a dois;
* Beijo no rosto ou na boca;
* Suor e lágrima;
* Picada de inseto;
* Aperto de mão ou abraço;
* Sabonete/toalha/lençóis
* Talheres/copos;
* Assento de ônibus;
* Piscina;
* Banheiro;
* Pelo.

PEP (Profilaxia Pré-Exposição)

Lançada no Brasil em 2017, a Profilaxia Pré-Exposição é mais uma bem-vinda opção no leque de alternativas oferecidas pela Prevenção Combinada ao HIV.

A PEP é uma medida de prevenção à infecção pelo HIV que consiste no uso de medicação em até 72 horas após qualquer situação em que exista risco de contato com o HIV, tais como:

* Violência sexual;
* Relação sexual desprotegida (sem o uso de camisinha ou com rompimento da camisinha);
* Acidente ocupacional (com instrumentos perfurocortantes ou contato direto com material biológico).

Como funciona a PEP?

A PEP  utiliza medicamentos antirretrovirais que agem evitando a sobrevivência e a multiplicação do HIV no organismo e, por  isso, deve ser iniciada o mais rápido possível, preferencialmente nas 2 (duas) primeiras horas após a exposição ao vírus e no máximo em até 72 horas. O tratamento dura 28 dias e a pessoa deve ser acompanhada pela equipe de saúde por 90 dias.

O melhor método para evitar a doença é a prevenção, como por exemplo: sempre utilizar preservativo durante as relações sexuais e usar seringas e agulhas descartáveis.

Não vacile, previna-se.

Contrate Já